6 dicas por onde começar a criar conteúdo para as redes sociais

Se você deseja conquistar likes e comentários nas suas redes sociais, existem caminhos fáceis e rápidos na obtenção desses resultados.

Basta por exemplo, bancar anúncios pagos e pronto! Suas publicações automaticamente lhe renderão ótimas estatísticas.

Porém, o mundo digital não se baseia apenas em o quanto podemos investir em um anúncio. Cada vez mais se solidifica a necessidade de criarmos relações orgânicas com o nosso público.

Essa é a maneira mais eficaz de se garantir que você alcance uma diversidade de pessoas pela qualidade da sua marca, demonstrando valores como empatia, atenção, comunicatividade, entre outros.

A fidelização pela relação é o retorno mais positivo possível que oferece diversos benefícios, sendo até menos dispendioso do que gastar rios de dinheiros com anúncios pagos.

Pensando nisso, deixamos aqui nesse post 6 dicas vitais para você começar a fazer conteúdos para as redes sociais, de um jeito muito mais natural retornando resultados positivos e orgânicos.

“6 dicas por onde começar a criar conteúdo para as redes sociais”

1. Conheça o seu público

Essa é a dica mais importante de todas talvez, afinal é o ponto inicial na sua escalada pelas redes sociais.

Ter conhecimento prévio do público que você quer atingir é imprescindível na internet. Elaborar as personas, ou resumo breves do seu público, ajuda a ter certeza de que o seu conteúdo está muito bem direcionado e que irá repercutir no feed dos usuários.

2. Fale a mesma língua do seu público

Tão importante quanto, é entender qual é a forma de se comunicar do seu público-alvo.

Cada empresa transmite sua mensagem de uma maneira diferente, portanto é essencial compreender e captar a linguagem que seu público utiliza, de maneira que a sua mensagem seja aceita da melhor maneira possível.

Ajustando a “língua” de seus conteúdos, garantimos o diálogo ideal com o público que você quer alcançar, sem ruído algum.

3. Seja empático

Essa dica tem a ver literalmente com se colocar no lugar do público.

Ou seja, mude de posição, e tente responder às perguntas que as pessoas fariam ao se deparar com o seu conteúdo:

  • Ganho alguma coisa com esse conteúdo?
  • Ele é útil para mim?
  • Esse post tem algo que possa me auxiliar a resolver algum problema?

E assim por diante. Ao ter esse olhar do público, você tem maiores chances de tornar seu conteúdo mais objetivo e melhor direcionado.

“6 dicas por onde começar a criar conteúdo para as redes sociais”

4. Abra as portas de suas redes para se comunicar com as pessoas

Redes sociais foram criadas para gerar interação. Então, nada mais justo do que você abrir espaço para ouvir opiniões, reclamações, recomendações, enfim, tudo que seu público tem e quer dizer a você.

Permitir essa interação entre sua marca, e seus seguidores, auxilia a criar um ótimo relacionamento com sua audiência, de maneira que é possível tirar novas ideias e informações úteis para os seus futuros conteúdos.

5. Humanize sua comunicação

Evite ao máximo ter um contato robotizado com o seu público ao responder mensagens nas redes sociais.

Claro que se tratando de um perfil profissional, sempre deve existir um tom de mais cordialidade, mas faça com que a pessoa se sinta segura e falando diretamente com um ser humano.

É necessário passar a confiança de que há alguém disposto a ajudar e entregar uma solução ao problema que levou o indivíduo à sua página.

“6 dicas por onde começar a criar conteúdo para as redes sociais”

6. Diversifique o formato de seus conteúdos

Uma última dica muito inteligente é a diversificação nos formatos de seus conteúdos publicados.

Demonstrar versatilidade na cara de suas publicações é uma maneira muito legal de manter o seu público interessado pelo que você tem a dizer. Imagens, ilustrações, vídeos, fotos, tudo vale, desde que passe por um planejamento bem pensado previamente.

Quanto mais criatividade investida, e formas de entregar uma mensagem, menos entediado o público irá se sentir, e com toda certeza haverá um engajamento maior com o seu conteúdo.

Gostou dessas dicas? Existem muitas mais, essas foram apenas 6 e que por si só já oferecem resultados expressivos quando aplicadas na sua estratégia de marketing digital.

Deixe nos comentários se você já coloca em prática alguma dessas dicas, e como tem sido sua experiência para que mais pessoas entendam a importância de um engajamento cada vez mais orgânico, baseado em um relacionamento mais próximo entre profissionais e clientes.

Caso queira conversar e saber como podemos te ajudar, entre em contato com a nossa agência de Marketing Médico: Veemob Comunicação Criativa. 

Será um prazer te ajudar! 

Gustavo Costa

Gustavo Costa

Ele é o co-fundador da agência Veemob que há mais de 4 anos ajuda médicos e profissionais da saúde a viverem de consultório particular.

Artigos recentes

Anterior
Próximo
Blog

Você também pode gostar

Rede Display também dá resultado para a clínica

A web se tornou a nova fonte de publicidade e propaganda para todos os segmentos do mercado. E com certeza você, doutor, já deve ter notado o quão importante é investir em anúncios do Google para fazer o seu nome e o nome de seu consultório se tornarem ainda mais

8 dicas para reduzir o tempo de espera na recepção

Tempo de espera na recepção é uma preocupação que todo gestor de consultório, laboratório ou centro hospitalar deve ter. Esse assunto fica mais fácil de ser compreendido se for comparado a algo que acontece de forma muito corriqueira na vida do brasileiro. Pense na sua vida pessoal. Sabe quando é

Palavras que o médico deve negativar no Google Ads

O Google Ads é uma ferramenta essencial para fazer o seu consultório bombar.  A plataforma de anúncios do Google permite uma série de funcionalidades que você, doutor, pode personalizar da forma que achar melhor e que irá funcionar com mais eficiência para o seu caso. Entre essas tantas possibilidades, há

Software de gestão clínica também reflete nos resultados

Um sistema de gestão em saúde, tal qual o software médico Amplimed, e o marketing digital podem parecer oriundos de universos distantes, afinal, que tipo de interferência ou de ações colaborativas um pode ter sobre o outro? Um trata sobre como a sua clínica, a sua marca ou estabelecimento médico,

Deixe um comentário

Quer uma Análise Grátis de Marketing Médico para a sua Especialidade?

Cadastre-se no formulário acima se você precisa: