Instagram, problema ou solução?

O Instagram, antes de tudo, é uma rede social que trabalha em cima da nossa exposição. É através dessa exposição que abrimos as portas de nossas vivências pessoais e profissionais para outras pessoas, e dependendo da maneira como trabalhamos essa ideia, é como fazemos aumentar o nosso engajamento.

No seu caso doutor, não é nada diferente. Contudo, por tratarmos de temas relacionados à saúde e bem-estar de seus seguidores e possíveis clientes, necessitamos de um certo tato e cuidado ao postarmos algum conteúdo.

Definidos os públicos-alvo e sua linha editorial, é preciso se preocupar em como proteger a integridade da sua imagem profissional e valorizar a sua autoridade na área em que atua.

Diante disso, é fundamental ter debaixo do braço o manual de publicidade elaborado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), para entender o que pode e o que não pode fazer nas redes sociais, como no Instagram, por exemplo. Confira algumas das diretrizes do que se evitar fazer:

Não publicar fotos de antes e depois: fotos nesse estilo se referem à exposição do paciente e também ao fomento de uma concorrência desleal, pois reaviva a ideia de resultados universais.

Não divulgar tecnologias como diferencial de atendimento: também não se deve divulgar técnicas e procedimentos em suas redes, em conjunto com a ideia do item anterior de se vender tratamentos milagrosos e fortificando a intenção de uma concorrência desigual.

Não expor pacientes de nenhum modo: assim como fotos antes e depois, é estritamente proibido qualquer forma de exposição de pacientes no Instagram, mesmo mediante autorização do mesmo.

Ter cuidado com o tom das postagens: o seu linguajar e tipos de fotos e vídeos postados também contam muito. Evite posts que se valham de uma linguagem sensacionalista, tendenciosa, ou então violenta e expositiva.

Para tomar conta desses e outros cuidados com as suas redes sociais, você pode contar com o auxílio da nossa equipe!

Gustavo Costa

Gustavo Costa

Ele é o co-fundador da agência Veemob que há mais de 4 anos ajuda médicos e profissionais da saúde a viverem de consultório particular.

Artigos recentes

Anterior
Próximo
Blog

Você também pode gostar

Plano para desvincular do convênio médico

Visualizações 745 Muitos médicos que iniciam suas carreiras imaginam que o melhor caminho é se vincular a um convênio médico, engordar sua cartela de clientes, e somente depois de algum tempo, realizar a transição para o atendimento particular. Vamos pensar da seguinte forma, todo médico formado quer se tornar referência

Empreendedor médico: principais desafios…

Visualizações 720 Para um médico que deseja empreender, divulgar e obter sucesso com suas clínicas ou com o serviço que oferece, a sua necessidade de constante atualização em sua área deve dividir espaço com a busca para aprimorar suas habilidades de administração de negócios. Confira alguns dos principais desafios enfrentados

10 ideias de conteúdos para Neurocirurgião

Visualizações 757 A neurociência é um campo que oferece muitas possibilidades de conteúdos interessantes que podem, além de informar, incentivar a curiosidade de seguidores e possíveis pacientes. A mente é um universo inteiro que levanta muitas dúvidas nas pessoas, junto com a própria atuação de neurocirurgiões. Confira algumas dicas de

O paciente se sente especial quando o médico…

Visualizações 723 Estabelecer uma relação médico-paciente de qualidade é um dos grandes desafios da área médica. E o resultado de uma consulta pode trazer benefícios para ambas as partes, ou não. Do ponto de vista comunicacional, é importante entender que um dos maiores problemas relatados por pacientes insatisfeitos é a

Deixe um comentário

Quer uma Análise Grátis de Marketing Médico para a sua Especialidade?

Cadastre-se no formulário acima se você precisa:

plugins premium WordPress