Se você não estiver na primeira página do Google, os seus concorrentes estarão

Em meio à tanta concorrência, o diferencial de uma clínica é estar na primeira página do Google.

Pois muitas pessoas estão buscando por seu tratamento através da internet e poderão acessar seu site.

Muitos usuários do Google não passam para outras páginas para buscar algum serviço, por que demonstram confiar mais nas primeiras posições dos resultados exibidos.

Dados comprovam que os primeiros cinco resultados da pesquisa podem conseguir até 87% dos clicks.

Mas, não é tão simples assim, já que o Google identifica os sites que apresentam conteúdo mais relevante e os coloca na primeira página.

Por isso, a criação de conteúdos e os anúncios no Google é imprencidível para atrair novos potenciais pacientes para a sua clínica.

Segue algumas dicas para otimizar o seu site:

Otimização para SEO:

Para começar a entender como fazer o seu conteúdo e a divulgação do seu serviço chegar a mais pessoas, é necessário passar pelo SEO.

Search Engine Optimization, nada mais é do que técnicas, configurações e alterações para que o algoritmo do Google chegue ao seu site e o ranqueie o mais alto possível nos resultados de pesquisas.

Se você não estiver na primeira página do Google, os seus concorrentes estarão

Só que para atingir essa meta existem diferentes métodos, e quando utilizados em conjunto podem significar o seu sucesso e maior visibilidade para o seu negócio. Confira alguns dos principais abaixo:

Palavra-chave:

O Google entrega resultados de acordo com o termo pesquisado. Sendo assim, um primeiro passo é entender quais os possíveis termos que o cliente pode utilizar para chegar até o seu conteúdo e a partir daí, espalhá-lo pelo seu site de maneira orgânica. Seja no nome, em textos de apoio e assim por diante.

Meta tags:

O próprio código-fonte de um site possui tags especiais que auxiliam o Google a retorná-lo na primeira página ou não, quando uma pesquisa é feita. Uma forma inteligente de utilizar isso ao seu favor, é colocar a palavra-chave no title e no description, além de um texto sucinto ao resumir o conteúdo.

Site responsivo:

A qualidade com que o seu site roda em computadores, e principalmente celulares, também faz toda a diferença para que apareça na primeira página do Google. Cuide para que a experiência do consumidor esteja em um nível de qualidade.

Links externos:

Outro fator que o Google prioriza é a autoridade das páginas. Isso se traduz na internet pela quantidade de links que seu site recebe dos outros. Por isso, quanto mais links você ganhar em sites da sua área, maiores são as chances de conquistar posições mais altas nas pesquisas.

Se você não estiver na primeira página do Google, os seus concorrentes estarão

Blog corporativo:

O blog corporativo é uma das estratégias mais fundamentais do marketing digital. Nele você estabelece um fluxo contínuo de tráfego, além de auxiliar na criação e estabelecimento de autoridade para a sua imagem ou clínica. Se tornando referência na sua área específica, mais pessoas irão procurar pelos seus serviços!

O que isso importa para o marketing médico?

Pense da seguinte forma: o Google não é usado somente para compras on-line, sites de fofoca e afins. Existe um grande número de pessoas que utilizam cada vez mais a ferramenta de busca procurando por esclarecimento médico.

É isso mesmo, o Google acaba se tornando um norte para pessoas que procuram tratamentos, recomendação de profissionais da saúde e até para tirar dúvidas sobre sintomas.

Ou seja, todo um público que pode vir a se tornar um possível paciente futuramente.

Por isso é tão importante se colocar nas primeiras respostas do Google, oferecendo conteúdo e serviços de qualidade, além de segurança para quem necessita cuidar da sua saúde!

Gustavo Costa

Gustavo Costa

Ele é o co-fundador da agência Veemob que há mais de 4 anos ajuda médicos e profissionais da saúde a viverem de consultório particular.

Artigos recentes

Anterior
Próximo
Blog

Você também pode gostar

Plano para desvincular do convênio médico

Visualizações 745 Muitos médicos que iniciam suas carreiras imaginam que o melhor caminho é se vincular a um convênio médico, engordar sua cartela de clientes, e somente depois de algum tempo, realizar a transição para o atendimento particular. Vamos pensar da seguinte forma, todo médico formado quer se tornar referência

Empreendedor médico: principais desafios…

Visualizações 720 Para um médico que deseja empreender, divulgar e obter sucesso com suas clínicas ou com o serviço que oferece, a sua necessidade de constante atualização em sua área deve dividir espaço com a busca para aprimorar suas habilidades de administração de negócios. Confira alguns dos principais desafios enfrentados

10 ideias de conteúdos para Neurocirurgião

Visualizações 757 A neurociência é um campo que oferece muitas possibilidades de conteúdos interessantes que podem, além de informar, incentivar a curiosidade de seguidores e possíveis pacientes. A mente é um universo inteiro que levanta muitas dúvidas nas pessoas, junto com a própria atuação de neurocirurgiões. Confira algumas dicas de

O paciente se sente especial quando o médico…

Visualizações 723 Estabelecer uma relação médico-paciente de qualidade é um dos grandes desafios da área médica. E o resultado de uma consulta pode trazer benefícios para ambas as partes, ou não. Do ponto de vista comunicacional, é importante entender que um dos maiores problemas relatados por pacientes insatisfeitos é a

Deixe um comentário

Quer uma Análise Grátis de Marketing Médico para a sua Especialidade?

Cadastre-se no formulário acima se você precisa:

plugins premium WordPress